sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

TERMOQUÍMICA - 21

21) Nas condições ambientes, as entalpias de formação (em kJ/mol) do CH4, CO2, H2O e O2 são respectivamente, – 75, – 394, – 286 e zero. 
Nessas condições, o calor liberado na combustão de 1mol de metano é, aproximadamente:

Equação de combustão do metano:    CH4(g) + 2O2(g) => CO2(g) + 2H2O(g)

Entalpia de formação: é a energia envolvida na formação de um mol de um produto onde os reagentes são substâncias puras simples que o constituem, logo o metano, o gás carbônico e a água são produtos da reação.


Balanço energético: para calcular o calor de combustão do metano a partir de reações intermediárias precisamos analisar se as substâncias são produtos ou reagentes na equação de combustão e em qual quantidade participam da reação, após acertamos as substâncias das equações de formação para que no final reagente seja reagente e produto seja produto.

O metano esta como reagente na reação de combustão, mas na de formação ele aparece como produto, logo precisamos inverter esta equação e com consequência o valor da energia envolvida (+75kJ).

O gás carbônico esta como produto na reação de combustão e na de formação ele aparece também como produto, sendo as quantidades iguais, um mol, logo o valor de energia fica o mesmo (–394kJ).

A água esta como produto na reação de combustão, mas formando 2mols, na de formação ela aparece como produto, mas formando 1mol, precisamos multiplicar o valor de sua energia por 2 (–286 . 2 = –572kJ).

O calor de combustão de um mol metano será a soma das energias envolvidas nas etapas intermediárias.

∆H = (+75) + (-394) + (-572) = - 891kJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário