quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

potencial Hidrogeniônico (pH) - 32

32) Admita que café tem pH = 5,0 e o leite tem pH=6,0. Calcule a concentração de cátions hidrogênio [H1+], em mol/litro, em uma taça de café com leite que contém 100 mililitros de cada bebida.

Qual o significado do pH=5 do café e pH = 6 do leite, considerando concentração de cátions hidrogênio [H1+].

Usando a relação inversa do logaritmo temos.


Café: pH=5 => [H1+] = 10-pH mol/L = 1 .10-5 mol/L

Leite: pH=6 => [H1+] = 10-pH mol/L = 1 .10-6 mol/L


Leitura molar para o café: 1 .10-5 mol/L significa que em 1.000 mililitros (1 litro) de café temos 0,00001 mol de cátions hidrogênio [H1+], logo em 100 mL teremos dez vezes menos, ou seja 0,000001 mol.

Leitura molar para o leite: 1 .10-6 mol/L significa que em 1.000 mililitros (1 litro) de leite temos 0,000001 mol de cátions hidrogênio[H1+], logo em 100 mL teremos dez vezes menos, ou seja 0,0000001 mol.

Quantidade total, em mols, de cátions hidrogênio [H1+] dissolvidos em 200 mililitros ( 0,2L ) da mistura café com leite.

[H1+] = 0,000001 + 0,0000001 = 0,0000011 mol = 1,1.10-6 mol

Cálculo da concentração, em mol/L, de cátions hidrogênio.


Concentração = 1,1 . 10-6 mol / 0,2 L = 5,5 . 10-6 mol/L

Nenhum comentário:

Postar um comentário