terça-feira, 20 de setembro de 2016

NEUTRALIZAÇÃO - 36

36) O volume em mililitros, de uma solução de ácido clorídrico de pH = 2, necessário para neutralizar completamente 500 mililitros de uma solução de hidróxido de potássio de pH = 11.

RESOLUÇÃO

Princípio da equivalência na neutralização: 1 mol de cátions hidrogênio (H1+) neutralizam 1 mol de ânions hidróxido (OH1-).

Ácido clorídrico => HCl, pode gerar até 1 mol de cátions hidrogênio (H1+).

Hidróxido de potássio => KOH, pode gerar até 1 mol de ânions hidróxido (OH1-), logo poderemos dizer que 1 mol do ácido neutraliza 1 mol da base.

Definição de pH: expressa a maior ou menor acidez de uma solução, sendo calculado fazendo o logaritmo negativo da concentração de cátions hidrogênio (H1+).

Cálculo da quantidade de ânions hidróxido(OH1-a ser neutralizada.

Quando o pH = 11, o pOH = 3, pois a soma pH + pOH = 14 e a concentração de ânions hidróxido = 10-3 mol/litro = 0,0010 mol/litro, precisamos calcular a quantidade dissolvida em 500 mililitros.

0,0010mol ................. 1.000mL
x mols ......................  500 ml

X = 0,0005 mol de ânions hidróxido (OH1-) é a quantidade a ser neutralizada e para isso precisaremos da mesma quantidade de cátions hidrogênio (H1+).


Cálculo do volume necessário de ácido para neutralizar 0,0005 mols de base.

Quando o pH = 2 a concentração de cátions hidrogênio = 10-2 mol/litro = 0,01 mol/litro.

0,01 mol ................... 1.000mL
0,0005 mol ................ x mL

x = 50 mililitros.





Nenhum comentário:

Postar um comentário