quinta-feira, 14 de julho de 2016

PORCENTAGEM - 30

30) Atualmente, sistemas de purificação de emissões poluidoras estão sendo exigidos por lei em um número cada vez maior de países. O controle das emissões de dióxido de enxofre gasoso, provenientes da queima de carvão que contém enxofre, pode ser feito pela reação desse gás com uma suspensão de hidróxido de cálcio em água, sendo formado um produto não poluidor do ar. A queima do enxofre e a reação do dióxido de enxofre com o hidróxido de cálcio, bem como as massas de algumas das substâncias envolvidas nessas reações, podem ser assim representadas:

S(32g) + O2(32g) => SO2(64g)

SO2(64g) + Ca(OH)2(74g) => produto não poluidor

Dessa forma, para absorver todo o dióxido de enxofre produzido pela queima de uma tonelada de carvão (contendo 1% de enxofre), é suficiente a utilização de uma massa de hidróxido de cálcio, em quilogramas, de aproximadamente

Leitura percentual: 1% de enxofre significa que em 100kg de carvão temos 1quilograma de enxofre.

1tonelada = 1000quilogramas, logo teremos 10quilogramas de enxofre, correspondente a 1%.

Observe na sequência de reações que: 32gramas de enxofre reagem com oxigênio formando 64gramas de dióxido de enxofre que por sua vez reage com 74gramas de hidróxido de cálcio.

Como o interesse esta no enxofre, pois este vai reagir com o oxigênio formando o dióxido de enxofre, e no hidróxido de cálcio usaremos suas massa para o cálculo.

32g ............... 74g
10kg ............. x

x = 23kg = 23.000 gramas



Nenhum comentário:

Postar um comentário