quarta-feira, 12 de agosto de 2015

ELETROQUÍMICA - 40

40) Uma corrente elétrica atuando numa solução de cloreto de sódio libera, depois de um certo tempo, três litros de cloro nas condições normais. A mesma corrente elétrica, atuando numa solução de cloreto de ferro III durante o mesmo tempo e nas mesmas condições, libera um volume, em litros, de cloro igual a:

Oxidação do Ânion cloreto, proveniente da dissolução do cloreto de sódio em água, no Ânodo do processo de eletrólise.

2Cl1-(aq) - 2 mols de elétrons => 1Cl2(g)

Leitura da reação: 2 mols de Ânions cloreto ao se Oxidar no Ânodo, perdem dois mols de elétrons e formam 1 mol de gás cloro.

O cloreto de ferro III (FeCl3) tem três vezes mais cloro que o cloreto de sódio (NaCl), logo exigirá uma carga três vezes maior para oxidação total de seus íons cloreto.

Oxidação do Ânion cloreto, proveniente da dissolução do cloreto de ferro III dissolvido em água, no Ânodo do processo de eletrólise.

6Cl1-(aq) - 6 mols de elétrons => 3Cl2(g)

Como a corrente é a mesma e o tempo também, a carga que passará é igual e a quantidade de cloro oxidado também será, independentemente da quantidade de íons cloreto existente na solução, ou seja teremos a produção de 3 litros de cloro, sobrando íons cloreto na solução aquosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário