terça-feira, 4 de agosto de 2015

ELETROQUÍMICA - 33

32) Tem-se 200 mL de uma solução 1mol/L de sulfato de níquel (II).  Fazendo-se passar uma corrente elétrica de 4 Ampéres. Pergunta-se qual será a concentração, em mol/L, desta solução ao fim de 1 hora 4 minutos e 20 segundos. Admite-se que não haja diminuição de volume.


Precisamos saber quanto de cátions níquel II serão reduzidos a níquel metálico e o restante fará parte na quantidade final de sulfato de níquel que ainda estará dissolvido na solução.

Cálculo da quantidade inicial, em mols, de sulfato de níquel dissolvido na solução.

1mol .................  1 litro
x mol ................  0,2litros

x = 0,2mol de cátions níquel.

Cálculo da quantidade de cátions níquel II que foram reduzidos a níquel metálico. 

Cálculo da carga usando dados da reação abaixo.

Q = i . t


Q: carga, em Coulombs.

i: intensidade de corrente, em Ampéres.

t: tempo do processo, em segundos.

t = 1 h 4 min e 20 s = 3600  +  240  +  20 = 3860 segundos

Q = 3860 . 4 = 15.440 Coulombs


               1Ni2+(aq)  +   2 mols de elétrons  =>  1Ni(s)

Mol => 1mol ............ 2 mols de elétrons ............ 1 mol
Carga => x .............. 2. 96500C .............. x


1mol .................. 2 . 96.500Coulombs
x mols ............... 15.440 Coulombs

x = 0,08 mol

Cálculo da nova concentração, em mols/litro.

Início tinha 0,20 mol e foram reduzidos 0,08 mols, logo sobrou 0,12 mol de cátions níquel II dissolvidos nos 200 mililitros.

0,12 mol ...................  0,2 litros
x mol ........................   1 litro

x = 0,6mol que estarão dissolvidos em um litro.

Concentração = 0,6 mol/litro


VOCÊ ESCOLHE O ASSUNTO QUE VAMOS ESTUDAR !


Nenhum comentário:

Postar um comentário