sexta-feira, 24 de julho de 2015

ELETROQUÍMICA - 11

11)  A eletrólise é muito empregada na indústria com o objetivo de reaproveitar parte dos metais sucateados. O cobre, por exemplo, é um dos metais com maior rendimento no processo de eletrólise, com uma recuperação de aproximadamente 99,9%. Por ser um metal de alto valor de alto valor comercial e de múltiplas aplicações, sua recuperação torna-se viável economicamente.
Suponha que, em um processo de recuperação de cobre puro, tenha-se eletrolisado uma solução de sulfato de cobre (II) (CuSO4) durante 3 h, empregando-se uma corrente elétrica de intensidade igual a 10 A. A massa de cobre puro recuperada é de aproximadamente:

Dados: Constante de Faraday = 96500 C / mol de elétrons; Cu = 63,5 g/mol.
A reação é: 1Cu2+(aq) + 2 elétrons => 1Cu(s)

Leitura da reação: 63,5 gramas (massa tirada da tabela periódica) de cátions cobre se reduzem durante a eletrólise quando passarem 2 mols de elétrons ou 2 . 96.500 Coulombs.


Se calcularmos a carga que foi utilizada para eletrodeposição do cobre metálico poderemos achar a massa, em gramas, correspondente


Pela fórmula física Q = i . t poderemos calcular a carga que foi utilizada.

Onde: Q = carga em Coulombs; t = tempo em segundos; i = intensidade de corrente em Amperes.


Q = 10 A . 3 . 60 . 60 segundos

Q = 108.000 Coulombs

Pela leitura da reação teremos:

63,5 gramas .................  2 . 96.500Coulombs
x gramas ...................  108.000Coulombs

x = 35,5 gramas

Nenhum comentário:

Postar um comentário