sábado, 14 de dezembro de 2013

CÁLCULO DE FÓRMULAS - 13

13) Calcular a fórmula mínima ou empírica de um composto orgânico sabendo-se que sua composição centesimal é a seguinte: C = 32% e H= 4%.

Observe que a soma das porcentagens não deu 100%. Nota-se que o composto em questão não é binário, contem dois elementos, mas sim ternário, que contem três elementos. Sendo o elemento que falta o oxigênio. O oxigênio não pode ser determinado diretamente, porquanto os processos da análise dos elementos (elementar) quantitativa se fundamentam em reações de combustão.

A porcentagem do oxigênio deve ser calculada indiretamente, subtraindo-se de 100% a soma das percentagens.

% oxigênio = 100% - (32% + 4%)

% oxigênio = 64%

Leitura percentual:

32% de carbono significa que em 100gramas do composto teremos 32g de carbono.

4% de hidrogênio significa que em 100gramas do composto teremos 4g de hidrogênio.

64% de oxigênio significa que em 100gramas do composto teremos 64g de oxigênio.

Cálculo da proporção entre os elementos.

Para este cálculo vamos dividir a porcentagem pela massa atômica de cada elemento.

Carbono: 32 dividido po 12 = 2,66

Hidrogênio: 4 dividido por 1 = 4

Oxigênio : 62 dividido por 16 = 4

Transformando em número inteiros.

Entre os artifícios de cálculos usados, o mais prático é dividir todos os números pelo menor deles.

C: 2,66 dividido por 2,66 = 1
H: 4 dividido por 2,66 = 1,5
O: 4 dividido por 2,66 = 1,5
Em seguida, se for necessário, multiplicar por um número adequado, de modo a transformar os outros quocientes em número inteiros ou, então, em números próximos de inteiros que se permita a aproximação (desde que o erro cometido seja desprezível. Ex: 2,03).

C: 1 x 2 = 2

H: 1,5 x 2 = 3

O: 1,5 x 2 = 3

Proporção, C:H:O => 2:3:3

LEITURA MOLAR: um mol de moléculas deste composto é formado por 2 mols de átomos de Carbono, 3 mols de átomos de Hidrogênio e 3 mols de átomos de Oxigênio.


Fórmula mínima ou empírica: C2H3O3

Nenhum comentário:

Postar um comentário